Uma questão que logo surge ao começar a pedalar é saber o quão rápido estamos indo! Velocímetros fornecem informações como velocidade atual, máxima e a média do passeio. Quando você tem acesso a este tipo de informação algumas perguntas surgem, por exemplo, quanto mais rápido posso ir? Qual é o meu nível competitivo? Manter e acompanhar a sua média é um bom indicador para o seu desenvolvimento no ciclismo.
Relacionamos abaixo algumas maneiras que você pode aplicar imediatamente em seus treinos para amplificar a sua média horária no ciclismo, com persistência e treinos frequentes conforme seus objetivos você irá reconhecer uma melhora! Confira abaixo:

1 – Dobre seus cotovelos 

O seu maior inimigo ou aliado durante um treino é a sua resistência ao vento. Muitas dessas dicas dizem a respeito de formas de reduzir a sua área frontal e seu arrasto para que você consiga cortar mais facilmente o vento. A forma mais rápida é você alterar ligeiramente a sua posição em cima da bicicleta. Ao invés de sentar ereto no selim e criar maior resistência ao vento, tente trazer o seu tronco para mais próximo do guidão, dobrando seus cotovelos, tendo como objetivo minimizar o seu tamanho na vertical e horizontal reduzindo sua resistência. Está posição em algumas pessoas, pode acabar gerando um desconforto principalmente na região lombar, mas com a prática e seções de alongamento o corpo tende a se adaptar, se qualquer tipo de incomodo persistir procuro um profissional da área para ajudá-lo.

2 – Ouvir música 

Escutar música enquanto pedala é um assunto um pouco delicado, pois precisamos de todos os nossos sentidos para percorrer de forma segura e isso pode reduzir a nossa capacidade de ouvir o tráfego do trânsito em torno de você. Segurança de lado, há uma pesquisa que mostra ao escutar uma musica o corpo humano reduz seus níveis de esforço percebido. Dr. Costas Karageorghis, pesquisador em psicologia do esporte, diz que a música pode reduzir a nossa percepção do esforço em até 10 por cento. Você vai pedalar mais, mesmo sem perceber. Procure usar músicas que tenham uma batida semelhante a cadência ideal para ajudá-lo a pedalar mais rápido sincronizando o seu ritmo com a música.

Sugestão de álbum no Spotify:  Playlist Bike Mucis Training
spotify4

3 – Pedale em grupo 

Você pode considerar isso “balela” mas treinar com outras pessoas irá aumentar a sua velocidade média de várias maneiras. Em primeiro lugar, se você realizar o trabalho de revezamento no pelotão, auxiliando no trabalho de cortar o vento, revezando com os demais, isso irá aumentar sua velocidade e dos demais. Andar com outras pessoas ativa o nosso lado competitivo, resultando na elevação do nosso nível de esforço, sempre buscando superar os demais, mesmo que seja um parceiro de treino. Isso irá ajudá-lo para se preparar melhor para os dias de prova, aonde andar em grupo é fundamental para se obter um bom resultado.

4 – Calibragem correta nos pneus 

Corretamente cheios seus pneus irão ter uma rodagem com maior facilidade, você deve verificar a pressão dos pneus antes de cada passeio, mudanças como trocas de temperatura, infiltrações de ar podem significar que eles esvaziem suavemente, mesmo sem ter furado. Confira a informação na lateral do pneu para a pressão recomendada. Investir em uma bomba de pé para ter em casa, que você possa facilmente obter a pressão que você precisa, uma mini-bomba é melhor manter apenas para emergências na estrada. Sugestões Speed: 110 lbs frontal 115 lbs traseiro.

5 – Freie menos 

Claro isso é meio óbvio, mas evite reduzir a velocidade, apenas parar de pedalar pode resolver seu problema, tendo também como conseqüência a durabilidade de suas pastilhas de freio, essa retomada após a frenagem exige um desgaste físico também. Tente eliminar aquela frenagem ao longo de estradas rápidas ou descidas e você começa a ir um pouco mais rápido daquilo que estáva acostumado. Frear para se sentir seguro e confortável é bom, mas procure olhar as variáveis ao seu redor, se a estrada tiver uma superfície boa, livre de obstruções e relativamente simples, não há motivos para frear, aproveite para curtir a velocidade o momento de liberdade. Próximo passo é aumentar sua confiança nas curvas, ao avistar a curva procure adiar um pouco gradativamente a frenagem, lembre-se! Sempre procure frenar em linha reta, cuidado ao frear durante as curvas.

6 – Baixe para o drop 

Quando você pedala, quantas vezes você costuma baixar no drop? São poucas as vezes certo? Mas ao baixar no drop você aumenta o seu controle sobre a bicicleta, isso também reduz o arrasto aerodinâmico principalmente nas altas velocidades, podendo chegar em uma redução de até 20% a menos de arrasto comparando ao descer com o tronco mais elevado. O que pode impedi-lo de andar no drop, pode ser o difícil alcance dos freios ou algum tipo de desconforto, questões que ajustes mecânicos podem resolver. Se você está bem ajustado em sua bike, procure andar mais vezes no drop. Alongamentos podem ajudá-lo a se adaptar com a posição do drop.

7 – Primeiro contra o vento 

Ao sair para treinar procure analisar a direção do vento e siga primeiro contra, pois suas pernas ainda estarão com muita energia, aproveite o vento a favor no seu retorno para trabalhar a aptidão de alta velocidade.

8 – Perder peso 

Se preferir ir um pouco mais rápido, perca um pouco de peso, isso vai fazer uma grande diferença. Perder peso lhe permitirá ir mais rápido para a mesma quantidade de esforço colocado em menos peso, obviamente, ajudar a subir à medida que têm menos peso para carregar contra a força da gravidade. Da mesma forma, a perda de peso vai ajudar você no quesito aerodinâmico, pois irá reduzir o arrasto ao andar de bicicleta. Repare abaixo o perfil do último campeão do Tour de France.

froome

9 – Tiros Intervalados 

A maneira mais rápida de aumentar a sua velocidade média é treinar em velocidades acima dela. Obviamente você não pode simplesmente sair e montar sua rota normal de treino e ir mais rápido do que de costume, você começaria rapidamente se lesionar ou ficar sem energia. Em vez disso técnicos recomendam o treinamento do intervalado. Isso permite para você ciclo de tiros curtos em velocidades acima de sua média ritmo habitual, e em seguida, desacelerar até se recuperar e iniciar o ciclo novamente.
Você pode tentar esta técnica durante todo o treino, ele não tem que ser estritamente definidos ‘sessões de treinamento’. Treinamento fartlek foi projetado por um técnico sueco e, basicamente, significa jogar com velocidade. Você pode optar por andar tão rápido quanto você pode até o fim da estrada, em seguida, recuperar até passar cinco postes antes de ir rápido novamente. Use qualquer marcador que você gosta do seu ambiente; carros estacionados, sinalização rodoviária, postes, trevos, etc. Escolha o seu destino de treino, inicie os tiros, em seguida recupere-se. Certifique-se a estrada é segura e que não importa o quão duro você está tentando manter a cabeça erguida para detectar eventuais perigos. Se você quiser uma sessão mais estruturada segue. Se assumirmos que você pedala a 23km geralmente média em terreno plano, andar por 15-20 minutos para aquecer antes de encontrar um trecho razoavelmente plano da estrada. Quando você iniciar o tiro mantenha por dois minutos a 26km. Escolha uma marcha mais difícil, e manter a mesma cadência ao invés de tentar pedalar mais rápido com uma marcha mais leve. Depois de pedalar duro por dois minutos, suba a marcha de volta, recuperar e ter calma durante cinco minutos, mas manter o giro nas pernas, isso ajuda o processo de recuperação. Em seguida, repita todo este processo “intervalo” mais três ou quatro vezes. Se você se sente capaz, da próxima vez tente ir 6, 9 ou 12km mais rápido durante o intervalo do que você normalmente anda.  Depois de alguns treinos você vai saber o que realmente funciona para você. A sua velocidade média para estes tipos de treino, pode muito bem ser menor do que a velocidade média ‘normal’, mas é um trabalho de semear para depois em dias de prova colher uma maior velocidade, possibilidade de sprints, etc. Confira abaixo o vídeo com alguns dos melhores sprinters do século.

 

10 – Bicicletas, roupas e equipamentos aéreo 

Se você realmente quer ir para um bike shop com o objetivo de “comprar” velocidade através de bikes mais aerodinâmicas, raios aero-perfil e jantes de seção profunda para ajuda-lo a reduzir o arrasto, permitindo-lhe ir mais rápido. Pode até ajudá-lo, no entanto, o corpo humano faz com que cerca de 70 por cento do arrasto total (a bicicleta e rodas de cerca de 30 por cento), de modo melhorias para sua posição de pilotagem será o fator mais importante e mais em conta! Antes de começar a gastar dinheiro lembre-se que essas melhorias vão ser muito pequena em comparação com aqueles que poderiam ser adquirida por perder peso, andar mais e ficar em forma. Se você quiser gastar algum dinheiro na loja de bicicletas na sua oferta para a velocidade, em seguida, sua melhor aposta é obter adequadamente bicicleta equipada e certifique-se que você está vestindo algo mais justo. Há duas razões para vestir roupas de ciclismo apertadas. Um deles, o material é projetado para afastar o calor e suor, mantendo-o fresco e seco, o que torna muito menos cansativo para rodar. Dois, solta roupas folgadas adicionam um monte de arrasto, que vai certamente ficar mais lento. Procure por roupas slim”justas” e acabar com quaisquer folga que gere arrasto.

Referências Cycling weekly.